Estratégia 01: Senna e os 2 segundos

Um episódio interessantíssimo da vida de Ayrton Senna da Silva ocorreu quando ele ainda corria de kart. Senna, ainda garoto, conseguia percorrer o trajeto da pista de kart em Interlagos com enorme vantagem sobre os demais concorrentes.

Um episódio interessantíssimo da vida de Ayrton Senna da Silva ocorreu quando ele ainda corria de kart. Senna, ainda garoto, conseguia percorrer o trajeto da pista de kart em Interlagos com enorme vantagem sobre os demais concorrentes. A diferença não estava na qualidade dos equipamentos, mas na maneira como ele obtinha dados de seu rendimento. Na época, todos os pilotos analisavam suas performances a partir da contagem do tempo que levavam para dar uma volta no circuito. Senna, entretanto, colhia dados parciais em outros três pontos, além, obviamente, da contagem referente à volta completa. Assim, ele conseguia saber com maior precisão os locais em que poderia melhorar o desempenho.
Esta passagem tem uma grande similaridade com a proposta da sequência de posts que inauguro agora. Tudo se origina a partir desta pergunta: É possível turbinar o rendimento em concurso público ou no Exame de Ordem a partir de técnicas e estratégias que não estão diretamente ligadas ao indispensável estudo? Sem dúvida alguma!

Faça parte da nossa comunidade:

Receba nosso conteúdo e novidades diretamente em seu e-mail

* Não se preocupe, não fazemos spam =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a nossa Equipe!

Telefone: (41) 3078-6600
E-mail: meajuda@esmafe.com.br
Endereço: Rua Eurípedes Garcez do Nascimento, 1167 Ahú, Curitiba-PR

Ou utilize os botões abaixo para selecionar uma forma de conversar com nossa equipe.

Atendimento:

Por favor, preencha todos os campos para que possamos te atender da melhor maneira.